Provas não faltaram!

Quem somos nós para julgarmos o MP. Mas a Farra dos Combustíveis por onde anda?

Documentação entregue pelo ex-prefeito Israel Saldanha tinha resmas de papel.

12/08/2019 por Por Raul Rodrigues

Penedo vive nos últimos dias, sexta-feira(09) e nesta segunda-feira(12) uma movimentada aparição de notícias bombásticas sobre os políticos de maior expressão eleitoral dos últimos vinte e quatro anos. Alexandre de Melo Toledo – ex-prefeito – e Március Beltrão, atual prefeito.

Os dois condenados em primeira instância. Toledo por manuseio de documentos contábeis não correlatos aos fatos, e Beltrão por prestação de contas de recursos do Ministério da Cultura em festa de São João – considerada junina – em valor de R$ 100.000,00 (cem mil reais).

Se os fatos existiram e foram apurados com irregularidades, que se puna seja a quem for.

Mas o que ainda espera a população penedense são as respostas sobre “A Farra dos Combustíveis” cuja documentação farta fora entregue ao mesmo Ministério Público e que até não se tem sequer rumores da apuração.

Sabemos da lisura dos membros do Ministério Público, mas perguntar não ofende. 

E a Farra dos Combustíveis por onde anda?
 


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: quem somos nós para julgarmos o mp. mas a farra dos combustíveis por onde anda?

Galeria de fotos