Caso Davi

Caso Davi: STJ nega pedido de habeas corpus para militares

Militares são acusados de torturar, assassinar e ocultar o cadáver do jovem Davi

08/11/2019 por Livia Leão

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou, em decisão desta quinta-feira (7), o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa dos quatro policiais militares acusados de torturar, assassinar e ocultar o cadáver do jovem Davi da Silva, crime ocorrido em 2014, no bairro do Benedito Bentes, em Maceió.

Nayara Silva de Andrade, Victor Rafael Martins da Silva, Eudecir Gomes de Lima e Carlos Eduardo Ferreira dos Santos nunca ficaram presos pelos crimes, mas, cumprem medidas cautelares, como se apresentar à Justiça uma vez por mês e pedir autorização para se afastar da comarca.

Os militares solicitaram a suspensão dessas medidas, mas, pela quarta vez, o habeas corpus foi negado. O recurso já foi negado no Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) por duas vezes. A primeira negativa veio em 10 de maio deste ano e a segunda há menos de um mês, no último dia 5.


Fonte: GazetaWeb.com

Tags: caso davi: stj nega pedido de habeas corpus para militares