Não é hora de riscos, e sim de acertos!

Que em 2020, Penedo seja dos que precisam e não dos que a querem!

O município mostra as suas deficiências todos os dias. O povo sabe quem é capaz de resolver. Então porque não decidir certo?

07/12/2019 por Por Raul Rodrigues

De que forma o povo de Penedo deveria – se quiser – se questionar sobre as eleições de 2020?

Se o povo quiser entender que Penedo é da sua maioria, e que a sua maioria absoluta é povão, o município deverá ser entregue a quem atenda aos pleitos do povão.

E de que forma isso pode acontecer? Escolhendo-se a quem administrativamente seja acessível – que sempre tenha estado em meio ao povo – que sempre tenha prestado serviços ao povo, que sempre esteve em Penedo, e que tenha marcas de poder administrativo.

Para quem quiser defender ao contrário, que pregue com convicções de que estamos errados.

Sobre grau de honestidade a vida pregressa – a história de vida – fale por si. Quem gera dúvidas sobre a sua honestidade traz a reboque a marca da corrupção. Um bom começo de análise é não ter sobre o seu nome processos de improbidade administrativa. E quem não tiver processos por nunca ter administrado nada, de nada deve servir.

Pois Penedo deve ser e é para ser de quem mais precisa dela – cidade e município – pois a cidade já demonstra as suas fragilidades pelos clamores da população cobrando soluções, e os povoados gritam pelo que se ressentem das faltas de apoio das gestões que por décadas lhes enganaram.

O momento não é de acreditar em promessas! É defender o que já se tem feito. O momento é de gente que faz!


Fonte: correiodopovo-al.com.br

Tags: que em 2020 - penedo seja dos que precisam e não dos que a querem!